sexta-feira, fevereiro 06, 2009


Me mudei: http://havenoname.wordpress.com

postado por Rodrigo às 6:50 AM |


segunda-feira, janeiro 05, 2009


Reconhecer os próprios erros, saber pedir desculpas, entender, aconselhar, saber desculpar, superar, encarar problemas de frente, conversar, confiar, acreditar nas pessoas, enxergar além da "estampa" de cada um, não fazer merda (ou pelo menos saber fazer).... e sempre estar com amigos.


Foi um bom réveillon. Bom não... ótimo!
E essas são algumas das lições pra 2009.

Marcadores: ,

postado por Rodrigo às 6:56 AM |


segunda-feira, dezembro 15, 2008


Da série "Respostas que você gostaria de ver"

Jornalista: E vocês funcionarão em que horário?
Lojista: Até o dia 23 estaremos funcionando até tal hora e no dia 24 estaremos funcionando até às 18:00.
Jornalista: Isso tudo pra incentivar as vendas, não é?
Lojista: NÃO, FILHADAPUTA, É PORQUE EU GOSTO DE TRABALHAR FEITO UM CORNO ATÉ NA VÉSPERA DO NATAL!


Porque todo maldito ano são AS MESMAS perguntas nos telejornais brasileiros? Nunca muda!

Outra coisa que não entendo são as estimativas de vendas. Sempre aumentam!
"Esse ano esperamos vender 20% a mais que no mesmo período do ano passado. E a média dos valores dos presentes e de R$ 80,00."

Todo ano aumenta... e a média é de quase 100 pratas.
É isso mesmo?

Só me leva a crer numa coisa: moramos na Suécia!
Todo mundo ganha bem, o comércio vende com uma facilidade absurda e a carga tributária (a mesma que manda um imposto de DOIS MIL E CEM REAIS pra minha loja) é baixa e proporcional ao salário mínimo.

País desenvolvido é isso aí...

Marcadores: , ,

postado por Rodrigo às 6:34 AM |


terça-feira, dezembro 02, 2008


Hoje estou completando mais um ano de vida.
Vinte e seis anos se passaram, desde o dia dois de dezembro de 1982.

Nos últimos dois ou três anos não estive tão empolgado com essa data. Não sei o porque disso. Nada de "inferno astral", que muita gente acredita que acontece num determinado período antes do aniversário. Pra mim isso só acontece com quem acredita e como eu pouco me importo e acho balela, passa totalmente despercebido. Inexistente.

Sempre começava a planejar a comemoração com semanas de antecedência, sempre de forma conjunta com um amigo que faz aniversário no mesmo dia. Esse amigo mora já há alguns anos em São Paulo, mas isso nunca foi motivo para não comemorarmos juntos e, com certeza, também não foi o motivo desse "desânimo", digamos assim.

Vale dizer que, mesmo não tendo organizado nada grande e elaborado nesses últimos três anos, as comemorações sempre acabavam sendo bastante divertidas e regadas à generosas doses etílicas.

Mas esse ano tenho vem sendo diferente. Não sei porque, de uma semana pra cá, fiquei realmente feliz com a chegada da data. Principalmente pela possibilidade de reunir uma penca de gente que gosto e que, por consequências da vida adulta, estão se afastando um pouco do convívio frequente que tínhamos.
A primeira comemoração foi ontem, num pub em Ipanema. Muito boa, até porque num lugar onde as garçonetes te chamam pelo nome e bebem junto, não tem como não se sentir em casa. Sábado terá mais, com a presença do "paulista" aqui no Rio e do resto todo dos infelizes que não puderam ir ontem.


Segundo o horóscopo chinês, o próximo ano será o ano do boi.
Vocês acreditam em horóscopo? E no horóscopo chinês? Eu sei lá.... "não acredito nas bruxas, mas que elas existem, existem". Parto um pouco desse princípio. Mas essas características culturais orientais, normalmente, tem fundamento. Aquela galera de olho puxado costumava saber das coisas.
Enfim, o "ano de boi", pelo que ouvi há poucos dias, é um ano que será voltado para o trabalho. Acho que isso tem me deixado mais empolgado. Creio que seja uma das peças chave dessa motivação maior. A possibilidade de crescer mais. Aprender mais. E, obviamente, ganhar mais... porque sem isso não dá pra viver.

Acho que esse "ano do boi", voltado para o trabalho, pode ser algo interpretativo. Não precisa, necessariamente, estar ligado ao trabalho propriamente dito. À atividade que nos dá sustento e dinheiro. Esse "trabalho" pode ser algo pessoal, de enriquecimento não apenas financeiro, mas também cultural e espiritual, sendo adquirido da forma que cada um achar que é mais conveniente.


É.... acho que o "26" tem tudo pra ser um bom ano.
Parabéns pra mim.

Marcadores: ,

postado por Rodrigo às 3:43 PM |


terça-feira, novembro 11, 2008


Remake de "Oldboy", dirigido pelo Spielberg e tendo Will Smith no elenco?
Tem tudo pra ser uma merda...

Marcadores:

postado por Rodrigo às 7:05 AM |


terça-feira, novembro 04, 2008


Semana passada, conversando com um amigo que mora nos Estados Unidos e estava passando mini-férias aqui, perguntei se ele já podia votar lá. Ele disse que não e eu brinquei: "sacanagem.... não vai poder ajudar a eleger o negão lá". Ele riu e disse que não... mas disse também que o cara leva sim. Ele não conhece nenhuma pessoa que prefira o McCain ao Obama.

Aí outro amigo que estava na mesa perguntou "e ele sobrevive?"
A resposta: "não".


Hoje o destino do mundo será decidido. Eleições presidenciais na terra do Tim Sam não elegem só o presidente deles. Será o cara mais poderoso do mundo nos próximos 4 anos. As decisões dele podem mudar, tanto positiva quanto negativamente, os rumos do planeta.

Torço descaradamente pro Obama. Só espero não ver a mesma coisa que meu pai viu na década de 60, com o Kennedy...

Marcadores: , ,

postado por Rodrigo às 7:25 AM |


segunda-feira, outubro 27, 2008


Fizeram de tudo. Todos os tipos de ataques, dos mais discretos aos mais descarados e vexatórios.

Eduardo Paes foi eleito prefeito do Rio de Janeiro. Fernando Gabeira, numa trajetória espetacular, não conseguiu se eleger. O resultado final foi de 50,83% para o pêemedebista contra 49,17% para o candidato do Partivo Verde.

O golpe final, a favor do candidato apoiado pelo governo do estado e o federal, foi o ridículo feriado dos servidores públicos no dia de hoje, o que fez com que muita gente viajasse e, com isso, deixasse de votar no candidato que era o preferido das pessoas com maior instrução e, por conseqüência, com maior poder aquisitivo. Ou seja, pobre não viaja mas elege prefeito.

Resultado: quase 1 milhão de faltosos no segundo turno das eleições da Cidade Maravilhosa.

A máquina venceu. De novo. O continuismo está aí. A falta de compromisso com a cultura e o meio ambiente, que SÃO IMPORTANTES SIM, também está.
Agora nos resta lamentar. E, como esperança é a última que morre, torcer pra que o candidato do PMDB faça algo pela cidade, já que a prefeitura não será mais oposição ao estado.

Isso até o sr. Eduardo Paes mudar de partido mais uma vez...



nota: tentando re-re-re-re-re-reativar o blog... será que vai?

Marcadores: ,

postado por Rodrigo às 6:06 PM |


Perfil

Rodrigo Rebelo
Fotolog
Orkut


Blogs

Boo
Cecília
Gunter
Joo
Junior
Kel
Leonardo
Lisa
Lilith
Lolla
Marcelo
Maria Thereza
Pedro Gabriel
Raquel
Roberta
Tati
Vivi


Vários

Amantes da Katia
Bacana
Catarro Verde
ChemicallBlogg
Cocadaboa
Discoteca Básica
falecomdeus
Fausto Wolff
Futebesteirol
Gordurama
Jesus, Me Chicoteia!
Jornalista de Merda
Kibe Loco
Malvados
Omelete
Paulo César Vasconcellos - SporTV Poppycorn
Scream & Yell
Senhor F
Surra de Pão Mole

Arquivos

Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009